Skip links

O que é o ENADE?

O Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) é um dos procedimentos de avaliação do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes). O Enade é realizado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), autarquia vinculada ao Ministério da Educação (MEC), segundo diretrizes estabelecidas pela Comissão Nacional de Avaliação da Educação Superior (Conaes), órgão colegiado de coordenação e supervisão do Sinaes.

O Enade é componente curricular obrigatório aos cursos de graduação, conforme determina a Lei nº 10.861/2004. É aplicado periodicamente aos estudantes de todos os cursos de graduação, durante o primeiro (ingressantes) e último (concluintes) ano do curso. Será inscrita no histórico escolar do estudante somente a situação regular em relação a essa obrigação, atestada pela sua efetiva participação ou, quando for o caso, dispensa oficial pelo Ministério da Educação, na forma estabelecida em regulamento, tendo como objetivo o acompanhamento do processo de aprendizagem e do desempenho acadêmico dos estudantes em relação aos conteúdos programáticos previstos nas diretrizes curriculares do respectivo curso de graduação.

Qual sua importância?

A importância do ENADE.

Ao avaliar a qualidade de cada curso de acordo com o desempenho de seus alunos, a nota do ENADE acaba servindo como critério de seleção para candidatos a uma vaga no mercado de trabalho. Um curso bem avaliado tende a destacar a qualidade da formação do candidato, trazendo prestígio para o estudante e para a universidade. Além disso, uma boa nota no ENADE pode ser um diferencial importante para o ingresso em cursos de especialização e pós-graduação (Mestrado e Doutorado).

Para o Aluno

De acordo com a Portaria 840 de 24/08/2018 do Ministério da Educação, são indicadores de desempenho das IES: Conceito Preliminar de Curso, Índice Geral de Cursos (IGC) e o conceito obtido a partir dos resultados do ENADE.

Para a Faculdade

Orientações para o dia da prova.

Dicas para o questionário

O questionário do Estudante tem um peso muito importante na sua nota. Ele também é critério para você saber o endereço da sua prova. O seu preenchimento, portanto, é obrigatório. Por isso:

Preencha cuidadosamente os elementos de informação (nome, idade etc.).

Leia com atenção o que é solicitado.

Selecione criteriosamente a alternativa que corresponde ao que você pensa.

Procure informar o que você sabe com justiça e compromisso com a verdade dos fatos.

Orientações para a prova

Cuide do tempo, o tipo e o nível de dificuldade das questões pode influenciar no seu desempenho.

Comece lendo atentamente as instruções gerais e as instruções específicas para cada questão.

Comece a prova pelas mais fáceis e não se detenha longamente nas difíceis.

Responda primeiro as questões objetivas específicas de seu curso.

Procure responder a todas as questões, mesmo fazendo uso de conhecimentos parciais e/ou eliminando alternativas.

Assinale, para revisão posterior, as questões respondidas com certo grau de incerteza.

Altere a resposta inicial apenas se uma nova leitura realmente indicar outra mais adequada.

Fique atento às questões de múltipla escolha

Leia a questão e tente formular uma resposta antes de consultar as alternativas.

Analise todas as alternativas, mesmo quando você já tem a resposta que considera correta.

Fique atento: certifique-se de que as marcações na folha de respostas conferem com os números das questões.

Analise atentamente ilustrações: figuras, tabelas, quadros, gráficos podem ser elementos importantes para a resposta da questão.

Pense bem sobre as questões discursivas

Leia, inicialmente, todas as questões.

Inicie pelas questões mais simples.

Anote as ideias principais e secundárias que vão ocorrendo durante a leitura.

Atente para as instruções dadas em cada enunciado. Ordens como “Analise”, “Exemplifique”, “Compare”, “Justifique”, “Descreva”, por exemplo, determinam diferentes tipos de raciocínio.

Leia atentamente os textos, ilustrações e o enunciado da questão.

Faça um esquema de resposta para cada questão.

Utilize terminologia técnica, sempre que necessário.

Seja consistente e sucinto em sua resposta: divagações comprometem a qualidade do conteúdo.

Releia suas respostas e acrescente detalhes, enriquecendo o conteúdo e corrigindo eventuais erros de linguagem.

Perguntas frequentes:

Conforme disposição do art. 5º, § 5º, da Lei nº. 10.861/2004, o Enade constitui-se componente curricular obrigatório, sendo inscrita no histórico escolar do estudante somente a situação regular com relação a essa obrigação. A situação de irregularidade do estudante junto ao Enade irá ocorrer quando o estudante:

Não comparecer ao Exame, e não obter dispensa oficial conforme referência normativa.

Não preencher o Questionário do Estudante.

Tiver o registro de participação indevida na prova.

Prova
Questionário do Estudante:  Destinado a levantar informações que permitam caracterizar o perfil
dos estudantes e o contexto de seus processos formativos, relevantes para a compreensão dos
resultados dos estudantes no Enade.

Questionário de Percepção de Prova:  Destinado a levantar informações que permitam aferir a
percepção dos estudantes em relação à prova, auxiliando, também, na compreensão dos
resultados dos estudantes no Enade.

Questionário do Coordenador de Curso:  Destinado a levantar informações que permitam
caracterizar o perfil do coordenador de curso e o contexto dos processos formativos,
auxiliando, também, na compreensão dos resultados dos estudantes no Enade.

O Ministério da Educação define, anualmente, as áreas propostas pela Comissão de Avaliação da Educação Superior (Conaes), órgão colegiado de coordenação e supervisão do Sinaes. A periodicidade máxima de aplicação do Enade em cada área será trienal. Gestão Ambiental, Tecnologia em Gestão Hospitalar, Tecnologia em Radiologia, Tecnologia em Segurança no Trabalho.

A prova é composta de 40 questões, sendo 10 questões da parte de formação geral e 30 da parte de formação específica da área, ambas contendo questões discursivas e de múltipla escolha que são especificadas da seguinte forma:

  • Componente de Formação Geral, 10 (dez) questões, sendo 02 (duas) discursivas e 8 (oito) de múltipla escolha, envolvendo situações-problema e estudos de casos.
  • Componente específico de cada área de avaliação, 30 (trinta) questões, sendo 3 (três) discursivas e 27 (vinte e sete) de múltipla escolha, envolvendo situações-problema e estudos de casos.

A prova de Formação Geral tem a concepção dos seus itens balizada pelos princípios dos Direitos Humanos, e as questões discursivas avaliam aspectos como clareza, coerência, coesão, estratégias argumentativas, utilização de vocabulário adequado e correção gramatical do texto.

Formação Geral (FG). Composta de 10 questões, sendo 8 de múltipla escolha e 2 discursivas = 25%.

Componentes Específicos (CE). Composta de 30 questões, sendo 27 de múltipla escolha e 3 discursivas = 75%.

No dia de realização do Exame, os portões de acesso aos locais de prova serão abertos às 12h e fechados às 13h, de acordo com o horário oficial de Brasília (DF), sendo vedada a entrada do estudante após o fechamento dos portões.
Aos estudantes que participarão da prova recomenda-se a apresentação no local definido pelo Inep, às 12h (horário oficial de Brasília) do dia 24 de novembro de 2019, para localizar a sala, assinar a lista de presença e cumprir outras formalidades, munidos de documento oficial de identificação (com fotografia), e caneta esferográfica de tinta preta, feita em material transparente para responder tanto as questões objetivas quanto as discursivas. A prova terá início às 13h30mim (treze horas e 30 minutos) do horário oficial de Brasília e não será permitida a entrada no local da prova após esse horário. A lista de presença será disponibilizada apenas após uma (1h) hora do início da prova.

A participação no Enade 2019 será atestada a partir da assinatura do estudante na lista de presença de sala e no cartão de respostas às questões objetivas da prova. Deixar o local de prova sem o cumprimento das formalidades de identificação e registro de presença pode comprometer a regularidade junto ao Enade 2019.

O estudante deverá conhecer, antecipadamente, o seu local de prova e estimar o tempo necessário do percurso desde sua residência, observando o horário estabelecido para sua apresentação – 12h (horário oficial de Brasília).

Cabe ao estudante a observação e adequação às diferenças de horário em decorrência de fuso horário ou adoção do horário de verão na respectiva Unidade da Federação.

O estudante concluinte habilitado ao Enade 2019, que não realizar a prova, não poderá receber o seu diploma enquanto não regularizar a sua situação junto ao Enade, haja vista não ter concluído o respectivo curso de graduação.

A existência de irregularidade perante o Enade impossibilita a colação de grau do estudante, em decorrência da não conclusão do curso, por ausência de cumprimento de componente curricular obrigatório.

Para conhecer sua nota no Enade, o estudante deve acessar seu Boletim de Desempenho, disponível no Sistema Enade. É possível acessar o Boletim de Desempenho utilizando o mesmo login e senha do cadastro e do Questionário do Estudante. Vale lembrar que o acesso ao resultado individual obtido no Enade é restrito ao concluinte ou ingressante que tenha participado da prova, conforme legislação vigente.

A regularização do estudante, por meio de dispensa de prova, ocorrerá por iniciativa do estudante ou da IES, na pessoa do Coordenador do Curso, a depender da natureza do motivo e exclusivamente por meio do Sistema Enade, no período de 02 de janeiro a 05 de fevereiro de 2020.

Caberá exclusivamente ao estudante em situação irregular apresentar solicitação formal de dispensa da prova no Sistema Enade, quando a motivação da ausência na prova for decorrente de ocorrências de ordem pessoal ou de compromissos profissionais, não sendo possível a dispensa por ausência relacionada a compromissos acadêmicos vinculados ao curso avaliado pelo Enade ou de ato de responsabilidade da IES, pois estas deverão ser feitas somente pelas instituições. As IES não poderão apresentar solicitações de dispensa decorrentes dos mesmos motivos relacionados às solicitações dos estudantes.

As análises das solicitações de dispensas feitas pelos estudantes serão de responsabilidade das IES, enquanto que ao Inep caberá analisar as que forem solicitadas pelas instituições.

As solicitações de dispensa deverão conter, obrigatoriamente, cópia digitalizada do documento original ou sua cópia autenticada, que comprove o motivo da ausência em seu local de aplicação do Enade 2019. Os documentos comprobatórios deverão ser digitalizados, exclusivamente em formato PDF, com tamanho máximo de 2 MB, e inseridos no Sistema Enade, quando do registro da solicitação de dispensa.

Os critérios para deferimento de dispensa do Enade 2019 estão disponíveis nos anexos II e III do Edital nº 43, de 4 de junho de 2019. Os estudantes que tenham as solicitações de dispensa do Enade 2019 deferida terão regularidade perante o Exame e farão parte, automaticamente, do Relatório de Regularidade do Enade 2019. Entretanto, a dispensa será deferida somente se os estudantes realizarem o preenchimento completo do Questionário do Estudante, o qual permanecerá disponível somente no período de 02/09/2019 a 21/11/2019.

No site do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), você encontra todos os dados referentes às avaliações do Sistema Educacional Brasileiro.